A Associação Brasileira de Psicomotricidade   |   Fundadores   |   Sócios Titulares


  A Associação Brasileira de Psicomotricidade


No Brasil, há 34 (trinta e quatro) anos aproximadamente, deu-se início à formação de profissionais na área da psicomotricidade, por meio de convite a profissionais estrangeiros, que durante muitos anos foram habilitando, especializando e capacitando os brasileiros para um mercado latente no país,como resposta às inadequações e inadaptações escolares e sociais.
Em 19 de abril de 1980 no Centro de Estudos Carlos Saboya, na Clinica Beatriz Saboya e Ipanema, Rio de Janeiro deu-se a fundação da Sociedade Brasileira de Terapia Psicomotora (SBTP), ligada a Sociedade Internacional de Terapia Psicomotora.

ATA de Fundação


Em seguida 40 profissionais, interessados na psicomotricidade, reuniram-se em Araruama (RJ), para delinear as normas e o Estatuto da Sociedade. Os Capítulos criados foram: o do Rio de Janeiro,São Paulo, Minas Gerais, Bahia e Espírito Santo. Em 8 de maio de 1986 foi votada a mudança de nome de SBTP para SBP - Sociedade Brasileira de Psicomotricidade. E em 30 de abril de 2005 foi votada a alteração do nome e Estatuto da S.B.P., para cumprir exigência do Novo Código Civil Brasileiro, conforme Lei nº 10.406, de 10 de janeiro de 2002 passando a partir dessa data a denominar-se Associação Brasileira de Psicomotricidade em todo documento oficial permanecendo no entanto o nome fantasia de Sociedade Brasileira de Psicomotricidade.

A Sociedade Brasileira de Psicomotricidade é uma entidade de caráter científico-cultural, sem fins lucrativos e foi fundada com o objetivo de agregar os profissionais que vinham se formando e trabalhando na área. Atualmente, busca a regulamentação da profissão através de projetos de lei.

A S.B.P. tem ainda como objetivo, contribuir com:

1. A promoção de contatos e incentivos à cooperação entre os psicomotricistas e entre estes e as organizações dos diferentes Estados interessados em pesquisas científicas e no desenvolvimento teórico - prático das disciplinas ligadas à psicomotricidade.

2. A coleta e difusão de informações sobre a psicomotricidade; estudo do currículo básico para a formação do psicomotricista;

3. A organização de cursos de especialização em psicomotricidade, inclusive em colaboração com autoridades educacionais de saúde e outras;

4. A promoção de palestras, encontros, seminários, jornadas, simpósios e congressos;

5. O exame das questões éticas, morais e profissionais dos psicomotricistas, emitindo seu parecer;

6. O incentivo de todas e quaisquer atividades científicas que estejam, direta ou indiretamente relacionadas com a psicomotricidade.

Nesses 25 anos, a S.B.P. já promoveu a realização de nove congressos, sendo que o último realizou-se na cidade do Rio de Janeiro de 2010, além de encontros científicos como: conferências, cursos, fóruns, seminários e teóricos-práticos, entre outros.


Atualmente, no Brasil, diversas Universidades oferecem cursos de pós-graduação, e em 29 de maio de 1989, pelo Decreto Lei nº 97.782 foi autorizado no Rio de Janeiro o primeiro curso de graduação em Psicomotricidade. Existem também diversos núcleos de formação, habilitando e formando profissionais em práticas psicomotoras especificas.

Diretoria do Triênio 2011/2013
Colégio Nacional
Presidente: Martha Lovisaro
Vice- Presidente: Luiz Gustavo Vasconcellos
Primeiro Secretário: Marcelo Antunes
Segundo Secretário: Álvaro Dantas
Tesoureira: Etelvina França

Comissão Científica:
Eduardo Costa (Coordenador)
Izabel bicudo
Cristie Campello
Dulce Martins
Ricardo Alves
Henriete de Sousa e Mello


Diretoria: Capitulo PERNAMBUCO
Presidente: Maria das Graças Cunha Barbosa
Vice-Presidente: Margot Abigail de Souza Duarte Pereira
Tesoureira: Lygia Gonçalves Azevedo Gomes da Fonseca
1ª Secretária: Angela Maria Borba de Lins
2ª Secretária: Ana Paula Souza Leão

Comissão Científica:
Ibrahim Danyalgil Jr
Nivaldo Torres
Sonia Aroucha
Sonia Loureto
Jussara Coutinho
Patricia Távora
Ana Nery Menezes
Maria do Carmo Domingues Alves
Leila Vasconcelos
Luciana Távora


Diretoria: Capítulo MINAS GERAIS
1º presidente: Adriana Cançado Munayer
2º presidente: Marlon Russo Sbampato
1º tesoureiro: Cristiana Silveira Bueno
2º tesoureiro: Suzana Veloso Cabral
3º tesoureiro: Érica Fróis
1º secretaria: Maria das Dores Salles Rocha
2º secretaria: Sônia Onofre
3º secretaria: Carolina Belizário

Comissão Científica:
Suzana Veloso Cabral
Sônia Onofri


Diretoria: Capítulo SÃO PAULO
Presidente: Vania Ramos
Vice-Presidente: Nadiejda Ivanoff
Tesoureiro: Monique Mayume Kamada Pires de Oliveira
Primeira Secretária: Dirce Lurdes Pires Rodrigues
Segunda Secretária: Laura Sangiorgi Pricoli

Comissão Científica:
Eliane Latterza
Elisa Eiko Kajihara
Carlos Eduardo Vieira
Marinella Binda Rosseti
Vanessa Ruotolo